quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Antes que seja tarde...

Pode passar despercebido a quem desconhecer a sua origem, mas em plena rua do Carvalhal está um palácio saído das mãos de Ernesto Korrodi, o professor que desenhou o Palácio de Dona Chica, e que deixou obras de referência da chamada art noveau em Leiria e Lisboa. Pertenceu à família de Domingos Afonso e está abandonado há quase duas décadas. Os últimos descendentes herdeiros do imóvel quiseram desfazer-se dele e terão cedido a uma interessante oferta de uma conhecida empresa de construção civil de Braga. Dizem as más línguas, que estão a aguardar que a casa desabe para no seu lugar construir um qualquer empreendimento segundo as linhas imobiliárias hodiernas. Tudo isto acontece perante o silêncio dos agentes políticos e sociais da nossa cidade.
Daqui a uns anos vamos lamentar a perda de mais um edifício de interesse público na nossa cidade (têm sido tantos os atentados contra o património da cidade nos últimos anos...)! Isto se não fizermos nada, é claro. 
É essencial divulgar esta causa...

1 comentário:

  1. hodierno é uma palavra medonha, que aqui fica na perfeição - parece uma mistura daquele que é o seu significado, moderno, actual, com hediondo!

    embora fazer alguma coisa antes que qualquer dia haja um incêndio cujas causas não se vão nunca conseguir apurar!!!

    ResponderEliminar