segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Braga não merecia isto!

A secção de Braga do Partido Socialista está mergulhada numa espécie de guerrilha interna pela sucessão a Mesquita Machado. Esta luta fratricida tem envolvido diversas forças vivas da cidade, a começar por alguma imprensa e a acabar nos notáveis do partido que se vão mobilizando em favor de uma das candidaturas.
Porque não se aguarda uma altura mais oportuna para esta disputa interna? Porque se antecipa uma eleição para a qual ainda faltam dois anos? É assim tão grande a sede de poder? Que interesses pode mover uma candidatura à Câmara?
A dúvida que paira sobre os bracarenses é o real interesse desta corrida… E se o PS perder as eleições? Não está o partido preparado para ser oposição? Não beneficiará com a alternância democrática?
O que me incomoda em todo este processo é a falta de projectos e de estratégia. Ainda não ouvi nenhum dos putativos candidatos a ser objectivo nas propostas. António Braga já faz campanha. Coerência para já só de Vítor Sousa, que parece perceber que este não é o timing… Todavia já circulam sondagens duvidosas e um apoio – que podia ser mais discreto… - da parte de um dos jornais diários. Porquê isto? Fazer as coisas assim só aumenta as desconfianças das pessoas dotadas de alguma racionalidade.
Deixem o tempo passar. Deixem os bracarenses observar e escutar os projectos. Deixem os socialistas – que são quem irá decidir – esperar pelo momento oportuno.
Acima de tudo, tenham o bom senso de fazer uma boa autocrítica à gestão autárquica anterior!

Sem comentários:

Enviar um comentário