sábado, 3 de dezembro de 2011

Decorações de Natal: o exemplo de Lisboa

Mais uma vez as decorações natalícias da cidade de Braga se apresentam sem um nível aceitável para uma cidade desta dimensão e importância. Um amontoado de ferro e fios é aquilo que podemos percepcionar durante o dia e o cenário nocturno não é, digamos, brilhante... Salva-se o pinheiro 'em ferro' que está defronte da Arcada.
Tenho uma opinião pessoal muito vincada relativamente à qualidade da empresa de iluminações contratada pela Câmara. As saudades dos irmãos Vilaça aumenta, sempre que contemplo os arames e postes metálicos que, desde o São João, não tinham sido retirados das ruas.
Lisboa neste capítulo é exemplo. Resolveu há dois anos reduzir os custos com iluminações, mas continuou a decorar as ruas. Têm decorações de simples traço, recorrendo a elementos como esferas, e formas geométricas, mas com adornos coloridos que se podem visualizar durante o dia. As formas são originais e os custos, adivinho, talvez sejam bem mais económicos que o que gasta em média a Câmara de Braga.
A empresa que serve Lisboa é proveniente do distrito do Porto e também produz as decorações para Coimbra e Porto...

Sem comentários:

Enviar um comentário