terça-feira, 10 de janeiro de 2012

PSD Guimarães quer cidade como 2.º destino do Norte

O PSD Guimarães acusou hoje a câmara local de "não pretender" discutir os números relativos ao Turismo de "forma serena" e reafirma a "legitimidade" de tornar a cidade a segunda com mais turismo no Norte de Portugal. Para os sociais-democratas, é "legítima a ambição de Guimarães em querer ser o segundo destino turístico no Norte de Portugal", considerando ainda que "é na busca deste objetivo que (a autarquia) deve estar concentrada" e "não perder tempo a discutir números que reconhece como verdadeiros", mas que "considera que deveriam ser abordados numa outra perspetiva.

A ambição de ultrapassar os dados de Braga parece ser maior do que qualquer estratégia turística ou que o traçar de objectivos claros ao nível de números de dormidas, visitas turísticas ou proveitos económicos.
Isto sim é bairrismo pouco sadio e falta de estratégia.
Qual é o problema de Braga ter mais turistas ou dormidas, se o município de Guimarães conseguir superar ou cumprir os objectivos que a autarquia e os operadores turísticos legitimamente traçam?
Porque é que o objectivo é ser o segundo destino e não ter 300 mil visitas turísticas ou 80% da lotação média da sua capacidade hoteleira? Se há cidades na região com mais hotéis, com mais locais turísticos, com um registo demográfico mais significativo, qual é o problema?
Que obsessão é esta por Braga??? Não seria mais útil a Guimarães querer beneficiar do sucesso dos vizinhos, criando pacotes turísticos comuns e estabelecendo parcerias a nível cultural?

4 comentários:

  1. Dei a minha opinião sobre este tema no blogue Sino da Sé (http://sino-da-se.blogspot.com/2012/01/rivalidades-bacocas.html)

    Dividem-nos para reinar...

    ResponderEliminar
  2. Brevemente também escreverei sobre este assunto no Blogue Braga On. Já tinha relatado num Fórum que o JN tinha feito uma não noticia escamoteando a verdadeira notícia, eis que no Minho de uma não notícia se fazem várias.

    Guimarães em 2001 tinha bem menos de metade dos turistas de Braga e em termos absolutos tiveram aumentos idênticos até 2010, a verdadeira notícia é a centralização no Porto, porque com um nome Porto e Norte, qualquer turista entende logo que é para fazer Porto e Norte, dormindo no Porto...

    ResponderEliminar
  3. Concordo plenamente, aliás já tive oportunidade de o manifestar a um responsável da entidade Porto e Norte. Estão hipercentrados noN Porto, como a própria designação faz antever. Se fosse "Norte e Porto" seria um pouco menor o facciosismo. É por estas e por outras que uma regionalização que inclua Braga no Porto só poderá ser nefasta para o futuro da nossa cidade. Lutemos com a palavra e preparemos uma discussão que pode estar para breve.
    Gostei muito do blog! Vou adicionar aos favoritos.

    ResponderEliminar
  4. Parece que a sociedade bracarense alerta para o facto, mas os políticos vão se calando, e Mesquita Machado até não se importa com a regionalização de 5 regiões...

    Obrigado! Também adicionei o blogue aos favoritos.

    ResponderEliminar