segunda-feira, 19 de março de 2012

O maior produto turístico de Braga


As Solenidades da Semana Santa podem ser consideradas como o produto turístico mais consolidado de Braga. Detêm uma página web bem desenvolvida, com uma promoção e divulgação bem estruturada e apoiada na entidade de turismo responsável por Braga. Ao longo dos últimos anos, e fruto de uma atitude de responsabilização e consciencialização junto das unidades hoteleiras da cidade, tem conseguido alcançar um suporte económico e logístico mais alargado. No site e no programa oficial são recomendadas apenas as unidades hoteleiras que aceitaram apoiar o evento, o único que provoca a lotação total da ocupação hoteleira da cidade e também da região.
A pressão mediática, das televisões e jornais portugueses, dedica particular atenção a este evento que, cada vez mais se afirma como o principal cartaz da época pascal em Portugal.
O programa apresenta uma colaboração entre diversas entidades da cidade, tentando potenciar um itinerário paralelo ao das celebrações religiosas, incluindo exposições, conferências e concertos.
A preocupação pela atractividade turística deste evento ficou bem patente num inquérito cujos resultados foram publicados recentemente.
“Para o presidente da Entidade de Turismo Porto e Norte de Portugal, Melchior Moreira, a importância da Semana Santa está expressa num inquérito que reconhece a média da estada do turista, entre dois e três dias, associada ao turismo religioso (58%), os que visitaram o património (70%) e o agrado com o ambiente solene (80%). Dos turistas, 59% prometeram voltar”[1].


[1] In: Diário do Minho, 26 de janeiro de 2012, p.4.

Sem comentários:

Enviar um comentário