sábado, 17 de março de 2012

Patetice ou irresponsabilidade?

Para Mesquita Machado "é uma verdadeira patetice" e "ignorância pura" atribuir responsabilidade à autarquia pela insegurança vivida nas imediações do campus de Gualtar da Universidade do Minho.
"Não deixo de conversar com o comando da PSP, mas não nos atribuam responsabilidades para aquilo que não temos". Além disso, a Polícia Municipal (PM) "não tem competências de segurança pública", cabendo essa responsabilidade à PSP. "Não vou submeter a PM a executar tarefas que não lhe dizem respeito", garantiu o nosso presidente da Câmara.

Mas, Sr. Presidente, quem tem afinal responsabilidades sobre a cidade e os cidadãos? Quem tem como competência estar atento aos problemas da população e alertar as autoridades competentes para reforçarem a sua missão em certas zonas? Quem poderia/deveria ter pedido à PSP o reforço de efectivos numa determinada zona da cidade? Para que serve a autarquia?

Afinal não é uma questão de patetice. Parece mais irresponsabilidade.

1 comentário:

  1. A verdade é que a segurança das cidades não compete às Câmaras. A PSP está vinculada única e exclusivamente ao Ministério da Administração Interna. Algo que eu acho mal, porque penso que a PSP deveria estar sobre o domínio das Câmaras Municipais, ficando a Polícia Municipal como a única responsável pelo trânsito e a PSP apenas com a responsabilidade da segurança pública.

    O máximo que a Câmara pode fazer é uma acção de sensibilização junto da PSP, tal como a AAUM fez há três anos, apesar de a PSP, após um período de maior policiamento, rapidamente fazer o favor de ignorar a situação...

    ResponderEliminar