quarta-feira, 11 de abril de 2012

Confiança mais cara

A aquisição dos terrenos e antiga Saboaria e Perfumaria Confiança, por via da expropriação, vão ficar significativamente mais dispendiosos do que a proposta inicial. Segundo o Diário do Minho, serão 3,67 milhões de euros, mais 170 mil euros que a proposta inicialmente efectuada pela autarquia.

Perante isto, os senhores deputados do Bloco de Esquerda e da CDU são chamados a pronunciar-se. Defendiam a valorização e utilização do imóvel para fins culturais, mas queriam uma expropriação para que o preço fosse mais justo. Afinal vai sair mais caro à autarquia. Responsabilidade política?

O essencial, parece-me, é que este processo avance mesmo, para o bem de Braga e do seu património.

Sem comentários:

Enviar um comentário