terça-feira, 10 de abril de 2012

JovemCoop para dar lições a Mesquita

Os leitores do Braga Maior votaram e escolheram a JovemCoop como o mais habilitado entre as opções para dar lições sobre o Património a Mesquita Machado, que recentemente afirmara que ninguém o poderia fazer.
Com 40% dos votos, a JovemCoop ficou à frente da Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho (30%), que há longos anos conhece os episódios mais comprometedores do nosso Presidente em relação ao Património, e da ASPA (9%), a histórica e adormecida associação de defesa do património bracarense. Seguiram-se Ricardo Rio (13%), o líder da oposição autárquica que tem dado mostras de bem maior sensibilidade para o património que o autarca socialista, Eduardo Pires de Oliveira (4%), o grande bracarógrafo, e a hipótese "ninguém", que apenas colheu 2% das simpatias. Nem a recente lição sobre o sepultamento dos romanos serviu para atenuar esta votação.
O reconhecimento público dos méritos da Associação JovemCoop atesta duas realidades decisivas para o futuro de Braga. A primeira é o efectivo interesse dos cidadãos por uma participação activa nas questões que interessam ao futuro da cidade. A segunda é o interesse objectivo dos bracarenses, em particular dos mais jovens, pelas questões relativas à preservação e valorização do património. Um sinal positivo de uma geração que foi apelidada de "rasca", mas que dá mostras de cultura e civismo superior.
Obrigado Ricardo Silva! Obrigado JovemCoop! Sem vocês, quem sabe, o que seria das Sete Fontes ou do Recolhimento das Convertidas.

Juntos seremos sempre agente de mudança!
Continuemos a lutar por uma Braga Maior!

2 comentários:

  1. Muito agradecemos tal honra, mas o nosso objectivo não é dar lições de património, mas sim partilhar a nossa história e destacar o nosso património cultural. Contudo, concordamos e realçamos algo que escreves no blogue "A primeira é o efectivo interesse dos cidadãos por uma participação activa nas questões que interessam ao futuro da cidade. A segunda é o interesse objectivo dos bracarenses, em particular dos mais jovens, pelas questões relativas à preservação e valorização do património.". Isto deixa-nos MUITO orgulhosos e com força e energia para continuar esta "missão"...o orgulho bracarense!Obrigado Rui por fazeres parte projecto e nos ajudares levar este orgulho a mais bracarenses e amigos!Esta "lição" é repartida contigo!Obrigado!

    ResponderEliminar
  2. É obvio que esta sondagem não se resume a quem dá ou não dá liçoes do patrimonio. Creio que o objectivo da sondagem é o de aferir quem ou qual instituição, luta no momento mais pelo patrimonio. E neste momento a instituição que mais e melhor faz é indubitavelmente a Jovemcoop. Todas as outas, principalmente a UAUM encontram-se comprometidas com o poder autarquico se nos lembrarmos por exemplo das ultimas posiçoes acerca dos vestigios detectados no Largo Carlos Amarante e Rua de S. Vicente ou, e principalmente da nova pousada da juventude. Sob uma forte capa instituição procura transmitir uma imagem impoluta quando nunca o foi.

    ResponderEliminar