domingo, 1 de abril de 2012

O sonho não acaba aqui!

O Sporting Clube de Braga perdeu ontem no estádio da Luz com o Benfica, por 2-1, num jogo em que o resultado mais ajustado era o empate. Um grande jogo de futebol, com duas grandes equipas. Os golos do adversário foram, alías, muito consentidos por um grupo de guerreiros que bem poderia ter saído com os 3 pontos.
Depois de uma primeira parte dominada pelo Benfica, mas em que a principal oportunidade até foi do Braga ( Mossoró a cruzamento de Alan aos 46'), a segunda parte trouxe um jogo mais dividido, em que as melhores oportunidades pertenceram ao maior clube do Minho. Lima, Hugo Viana e um falhanço escandaloso de Mossoró.
As asneiras constantes de Elderson - para mim o grande responsável pelos dois golos do Benfica - justificam uma exclusão do onze inicial do Braga, ainda para mais quando há uma alternativa perfeitamente viável, que até ganhou a corrida pela titularidade no início da época: Imourou.
Um penalti por marcar e alguma dualidade de critérios marcaram a exibição de um árbitro, que por alguma razão é muito apreciado por aqueles lados da 2.ª Circular. A prova de que alguns dirigentes desportivos se gostam de vergar perante pressões e lobbies.

Depois de 13 jogos a ganhar, os guerreiros beijaram o solo.
Porém, o sonho continua bem vivo! E ontem mostramos porquê...

2 comentários:

  1. Isso é tudo mau perder? Qual penalty? Perderam e perderam bem... Pena é não falares dos jogos em que o Braga foi beneficiado... Isso é que me parece ser uma dualidade de critérios!

    ResponderEliminar
  2. Caro Anónimo,
    Não se trata de mau perder, como poderá ler na minha crónica, elogiosa para com o trabalho das duas equipas. Custa perder nos minutos finais, mas não custa tanto quando o jogo balançou entre os dois adversários.
    Mau perder será, por exemplo, tentar justificar uma expulsão legítima e passar a semana a criticar o trabalho de um árbitro sem motivo. Mau perder será também não assumir as próprias culpas e deméritos e olhar para um golo marcado em fora de jogo, mas não reparar em dois penaltis que lhe foram perdoados pelo mesmo árbitro que criticam. E isto nem foi há muito tempo...
    Relativamente ao penalti por marcar, foi amplamente divulgado na comunicação social de hoje. Aconselho ou rever o jogo, ou ver o resumo do mesmo na RTP, para além dos jornais desportivos.
    E relativamente a benefícios de arbitragem do Sporting de Braga, desafio a encontrá-los. Vai ser difícil! Mesmo os mais fanáticos reconhecem mérito ao Sporting de Braga. Se quiserem falar do famigerado jogo com a União de Leiria, não se esqueçam de analisar se a falta que dá o suposto golo anualdo existe mesmo ou não (Cf. Jorge Coroado).
    Saudações braguistas

    ResponderEliminar