quinta-feira, 25 de julho de 2013

Santiago em Braga: o túmulo do Infante D. Afonso

O túmulo foi recentemente alvo de reabilitação, estudo e tratamento
O túmulo do Infante D. Afonso, nada mais nada menos que o filho primogénito do Rei D. João I, está numa capela sob a torre sul da Sé de Braga. O túmulo, num inédito gótico, veio da Flandres por encomenda da família real. O conjunto tumular, jacente, arca e baldaquino, é constituído por elementos em cobre, revestidos por uma camada de ouro ou de prata, fixos a uma estrutura de madeira. As técnicas de decoração – douragem a fogo e prateação por amálgama – foram utilizadas como revestimentos do substrato de cobre, tendo uma dupla função, decorativa e protectora.
Este túmulo é uma das marcas de Santiago em Braga porque foi ao caminhar para Compostela, juntamente com a sua mãe, que o filho mais velho de D. João I e D.ª Filipa de Lencastre faleceu. Com apenas 10 anos, no ano de 1400, aquele que era predestinado a ser Rei de Portugal, perdeu a sua vida e aqui foi sepultado.

Sem comentários:

Enviar um comentário