sexta-feira, 24 de agosto de 2012

À espera do "novo" Bom Jesus do Monte

video
Mesquita Machado venceu as autárquicas de 1997, prometendo aos bracarenses a construção de um grande parque urbano para a zona Norte, "o novo Bom Jesus do Monte", como o próprio apelidou. Passaram-se 15 anos e o único equipamento construído foi um estádio de futebol e o esqueleto de umas piscinas olímpicas nas quais foram estourados 8 milhões de euros.
Desesperados por espaços verdes e de lazer, os bracarenses urbanos há muito que vetam esta gestão municipal e reprovam estas promessas adiadas. Em 2008 foi prometido um parque para as Sete Fontes, a recuperação do jardim de Guadalupe e, desde 1981, que se ouve falar de um parque para o Picoto.
Como é possível que, em 36 anos de gestão municipal e de uma política de solos mesquinha, não haja um único parque urbano construído, numa cidade que cresceu exponencialmente em termos demográficos?

Até quando?

3 comentários:

  1. MM prometeu um parque na quinta dos Piões, mais tarde, veio dizer que afinal era o parque norte, até hoje, fez um estádio de futebol e uma piscina olímpica mal começada e jamais acabada. Braga não tem um parque digno desse nome,a apelidada de 3ª cidade do país não tem um lugar de lazer para os cidadãos possam usufruir de vegetação, sossego e relaxamento, de respirar ar puro. O bom jesus é uma mata muito bonita; mas não se encontra na cidade. o centro histórico e sua regeneração, transformou-o em espaços vazios,forrados a betão ou granito, sem sombra e sem beleza, a nudez de alguns recantos que desapareceram recentemente é chocam-te. Tudo se destrói,nada se preserva !!

    ResponderEliminar
  2. Braga caminha para um deserto granítico, a condizer com o deserto de ideias que atinge aa mente dos decisores políticos. O verde constitui uma espécie de alergia para MM e seus correligionários, por isso, fala-se fala-se, apenas para entretenimento do zé parolo inculto, que aprecia este tipo de intervenções do género: enganem-me que eu gosto.
    O resultado é o que vemos.
    No concelho de Braga temos um rácio área verde/habitante de 12 m2, quando para a zona urbana, recomenda 40 m2.
    Consequências?
    1 - cheias e mais cheiras logo nas primeiras chuvadas do Outono
    2 - Braga passou a ser uma das cidades portuguesas mais quentes no Verão, devido precisamente à ausência de áreas verdes para amenizarem o clima, entre outras funções

    ResponderEliminar
  3. Ainda estou recordado da promessa da pista de canoagem que ia ser construída em Braga aproveitando as águas do Rio Este!

    ResponderEliminar