domingo, 30 de setembro de 2012

Quantos bracarenses "deram" 44 Euros pelas piscinas olímpicas?

É verdade! Dividindo os valores dispendidos nas empreitadas de projecção e construção das piscinas olímpicas de Braga, pelo número de habitantes do município, ficamos a saber que cada um de nós contribuiu com 44 euros. Não sei se muitos bracarenses deram conta deste facto - particularmente os mais ferrenhos defensores da actual gestão autárquica -  mas foram desperdiçados 8 milhões de euros... Nem o aparente mea culpa promovido pelo Vice-Presidente Vítor Sousa consegue atenuar a má gestão de todo este processo.
Perante isto, sobram diversas questões. Quantos espaços verdes e de lazer, os adiados parques urbanos, poderiam ter sido concretizados a partir desta verba? Quantas iniciativas culturais, musealizações arqueológicas sucessivamente inscritas no plano de actividades, ou espaços associativos poderiam ter visto a luz do dia?
A grande questão que resta fazer é se Mesquita Machado se preparar para "oferecer" de bom grado os 8 milhões gastos neste projecto a um privado que, generosamente, se oferece para o "regenerar". Todo este processo merece a nossa atenção e um pouco menos de "secretismo".

Esperemos que este tema não fique esquecido na nossa política autárquica. Deixar adormecer este erro crasso de gestão, é não defender verdadeiramente Braga... Cá estarei para o fazer. Quem se junta a mim?

Sem comentários:

Enviar um comentário