quinta-feira, 11 de outubro de 2012

3 anos depois: muito mais Braga?

Nas eleições mais renhidas de sempre, Mesquita Machado fez muitas promessas...
As últimas eleições autárquicas realizaram-se há precisamente três anos. A um ano do final do mandato, vale a pena recordar o que foi cumprido do ambicioso compromisso eleitoral do Partido Socialista e do seu líder, Mesquita Machado, em Braga.
  • Parque Tecnológico  X
  • Conclusão da Piscina Olímpica e de Polidesportivo   X
  • Aproveitamento das margens do Cávado  X
  • Parque urbano do Picoto  X
  • Parque urbano das Sete Fontes  X
  • Musealização do Teatro Romano e Ínsula das Carvalheiras  X 
  • Parque Arqueológico de Braga  X
  • Centro Ciência Viva  X
  • Bicicletas à disposição no centro histórico X
  • programar via circular externa   X

  • Requalificação do parque escolar (em espera) 
  • Espaços de animação no centro histórico (?)

  • Requalificação dos espaços públicos 
  • Construção de novos centros escolares 
  • Abastecimento para carros eléctricos
  • Conclusão da rede viária principal √ 

PS - Foi difícil encontrar vestigíos desta proposta eleitoral na internet. O resumo aqui apresentado resulta de uma análise a uma notícia, dado que o pdf evaporou-se da internet. Se algum camarada socialista mo quiser enviar, fico grato!

8 comentários:

  1. Facultava o pdf com todo o gosto, mas ainda não era militante na altura...

    O parque tecnológico era um projecto muito ambicioso, mas uma das vertentes para o qual seria criado, ou seja, estimular/apoiar as indústrias criativas, está de certa forma a ser cumprida, com as requalificações do GeNeRation e do edifício da antiga fábrica Confiança, que estão ou vão ser requalificados para o efeito.

    Agora, no geral, foi um programa eleitoral muito ambicioso, se calhar até demais, que acredito que parte dele não foi executado/cumprido muito devido à crise da dívida que começou a assolar o país a partir de 2010. E ainda falta um ano para este mandato terminar, que é o ano de eleições... Isto sem querer desculpar o não avanço de outros projectos.

    ResponderEliminar
  2. Há mais uma promessa eleitoral que foi cumprida e que não foi referida do post, a de continuar a financiar o s.c.braga.
    Como era de esperar deste blog nem uma palavra sobre o assunto,
    Grande Diário do Minho (11-10-2012).

    ResponderEliminar
  3. Não se compreende tanto ódio ao Braga quando este clube da tanto a cidade a nível social (ocupar os jovens nas escolas de formação nas mais diversas modalidades), nível de reconhecimento externo e económico pela grande quantidade de estrangeiros que trás à cidade por via dos jogos europeu. Só por isto e muito mais, acho que o clube nem devia era pagar renda à CMB. Mas continuem a deitar a baixo umas das coisas que a cidade tem de melhor. Tristes.

    ResponderEliminar
  4. Caro anónimo, apesar de não ser braguista, também acho que o SC Braga é e tem sido muito importante para o desenvolvimento da nossa cidade, principalmente nos últimos anos.

    Agora, no que diz respeito à ocupação dos jovens nas escolas de formação, não penso da mesma forma que o senhor. 25€/mês, no caso do futebol, não é para qualquer carteira, e a maioria dos jovens bracarenses são despejados quando chegam a Iniciados, passando a estrutura do Braga a ser composta por jogadores africanos, sul-americanos e por portugueses provenientes de outras regiões de país. Os nossos têm então que procurar outros grupos desportivos do concelho ou dos concelhos vizinhos, onde alguns desses grupos desportivos têm de fazer uma ginástica enorme quanto aos seus horários de treinos, visto que o Braga tem prioridade em complexos desportivos como o das Camélias e o da Rodovia e, como se não chegasse, ainda ocupam o campo de jogos de S. Paio d'Arcos.

    E o Braga deve tudo e mais alguma coisa à CMB a partir do momento que os milhões que a AXA dá pelo naming do Estádio revertem a favor do SC Braga, que tira, assim, lucro dum estádio MUNICIPAL que, como é óbvio, não é seu, lucro, esse, que não reverte nem uma parte a favor dos bracarenses, como deveria ser, mas sim a favor de uma Sociedade Anónima Desportiva...

    Está bem apoiar-se um pouco mais a maior instituição desportiva da cidade, mas, caramba, às vezes parece que é preciso relembrar que Braga não tem só o SC Braga.

    ResponderEliminar
  5. E um pormenor muito importante é que formação de jovens principalmente na área do futebol, por parte do sc braga e de todos os clubes profissionais , não é igual a qualquer clube ou associação de bairro ou de freguesia.
    Nas pequenas associações o que se pretende é ocupar, educar e formar os jovens numa cultura desportiva. Mas um clube profissional que até pode ter estes objectivos numa primeira fase da formação, o objectivo maior é potenciar jogadores para a sua equipa principal e até conseguir vender esses jogadores para ter lucros.
    Assim sendo o sc braga está a ter benefícios e regalias de ocupação de espaços desportivos que nem de perto são concedidos a associações amadoras, que em termos de formação de pessoas para a sociedade têm um papel muito maior que um qualquer clube de futebol.

    ResponderEliminar
  6. Procurem nos guias turísticos, eventos nele realizados que não sejam do SCB (ex: enterro da gata)e etc, o estádio é sempre EMB. Só é denominado AXA em eventos que digam respeito ao SCB, ou seja, só no futebol. Essa é mais uma tentativa falhada de deitar o clube a baixo. Mas continuem!
    Ah, e se quiserem o Braga deixa de jogar lá e fica mais um estádio construído com a finalidade de receber o Euro 2004 ao abandono!
    Mas continuem!

    ResponderEliminar
  7. Não se trata do Braga deixar de jogar lá, trata-se de que parte dos milhões que a AXA paga pelo naming deveriam reverter a favor da CMB. E, desculpe que lhe diga, aquando da realização do Enterro da Gata dá-se o nome de Gatódromo ao espaço concedido à AAUM, cujo endereço aparece como "Alameda do Estádio AXA".

    ResponderEliminar
  8. Eventos dentro do estádio são ZERO.
    Isso de dizer que que o braga só joga lá para o estádio não estar às moscas, é uma desculpa de quem não tem uma justificação, até parece que é o clube que está a fazer um favor à cidade.
    Claro que quem tem que jogar lá é o braga mas se deixasse de lá jogar o custa para a cidade era o mesmo, e isso gostava eu de ver.

    ResponderEliminar