segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Estádio 1.º de Maio vai ser classificado

O estádio 1.º de Maio vai ser classificado como monumento de interesse público. O parecer favorável do Conselho Nacional de Cultura foi dado na passada semana, depois de um processo que demorou quase três décadas a ter seguimento, dado que a Câmara Municipal de Braga havia feito pedido de classificação em 1985. Depois da capela de Guadalupe, igreja dos Terceiros, recolhimento das Convertidas e igreja do Carmo trata-se de uma excelente notícia para Braga.
O estádio 1.º de Maio é considerado um dos mais belos recintos desportivos portugueses, tendo sido delineado pelo arquitecto João Simões. Foi inaugurado em 28 de Maio de 1950, naquele que foi considerado um dos "maiores dias de Braga" devido à quantidade de gente que atraiu à capital do Minho.

10 comentários:

  1. A data da inauguração não é a colocada no texto, mas sim 28 de Maio de 1950!

    via http://pt.wikipedia.org/wiki/Est%C3%A1dio_1.%C2%BA_de_Maio_(Braga)


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradeço a rectificação. O erro não foi por desconhecimento, mas por distração enquanto escrevia. De qualquer forma agradeço.

      Eliminar
  2. Bem mais belo do que o AXA, aquele mamarracho de betão que mais parece uma caixa de ferramentas em ponto grande. Nunca entendi porque não se remodelou este estádio em vez de se construir um novo. Ou se calhar até entendo...

    ResponderEliminar
  3. Acho que toda a gente entende e se fosse outra obra todos falavam muito indinados, mas como o estádio é para uso e abuso de um tal clube todos se calam.

    ResponderEliminar
  4. O estádio é para uso da maior instituição do município, cujos sucessos desportivos funcionam como publicidade gratuita e eficaz ao nome e imagem da cidade! É pena haver bracarenses que apoiam instituições de outros municípios e que não veem mal algum em que essas mesmas instituições beneficiem de estranhas reclassificações urbanísticas de terrenos para benefício próprio.

    ResponderEliminar
  5. Não me estava a referir ao Braga, mas sim ao lobby da construção, que é verdade que está muito enraizado no Braga. Agora, pode não ser a maior, mas a melhor instituição desportiva de Braga é sem dúvida o Merelinense! xD

    ResponderEliminar
  6. Caro Luís, não estava a responder-te. Aliás até concordo parcialmente com o que dizes. Estava a responder ao camarada anónimo...entre os outros impropérios que não publiquei.

    ResponderEliminar
  7. Todas as obras em curso ou já concluídas nesta cidade, umas têm o seu mérito e importância outras nem tanto, mas todas foram alvo de grandes criticas em termos ambientais, paisagísticos, arqueológicos, financeiros, etc, etc. Mas quando se trata da obra que maior rombo provocou nos cofres da CMB, e da obra onde mais se nota a mistura de relações entre CMB, S.C. braga e empreiteiros toda a gente se cala.
    Com certeza que a CMB tem que apoiar os clubes da terra e não os de fora, mas penso que a obrigação de qualquer Câmara Municipal e de acordo com a dimensão e importância que os clubes e instituições têm para a cidade, é apoiar "Todos" de forma justa quer sejam associações desportivas, culturais, ou outras. Infelizmente isso não se verifica em Braga, e isso comprova-se facilmente com o uso que o s.c.braga fez e faz dos 2 estádios da cidade.
    Porque será que todos se calam?
    Medo de perder votos ?
    Ou quando nos agrada e serve a nós "braguistas" então já está tudo bem ?

    ResponderEliminar
  8. Sem duvida nenhuma que que o s.c.braga nestes últimos anos fez um grande trabalho em termos de publicidade para esta cidade, reconhecendo isso fica a pergunta.
    Essa publicidade alguma vez pagará os milhões (sabe-se lá quantos) que estão enterrados naquele estádio?

    ResponderEliminar
  9. O estádio AXA? O que é que "AXA" tem a ver com os bracarenses que com o IMI e outras taxas (abusivas!) vão ter de pagar, durante décadas, aquele crime que foi destruir uma montanha para que o trolhame cá da terra continuasse a hecatombe dos terrenos agrícolas até às margens do Cávado?
    Já sei: são os premios de arquitectura!

    ResponderEliminar