segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Uma cidade de costas voltadas com a Universidade

aqui comentamos a necessidade de criar pontes entre o centro nevrálgico de Braga e a zona onde está instalada a Universidade do Minho. Para além de explorarmos as iniciativas que poderiam ser tomadas para fomentar esta relação, que muitos benefícios poderia granjear à cidade, ficam alguns aspectos mais visíveis cuja resolução poderia auxiliar este objectivo.
A rua Nova de Santa Cruz é o mais vivo exemplo desta realidade. Não abordando a parte estética, dado que se trata de uma rua verdadeiramente "feia", há dois aspectos que exigem rápida resolução:
  • Com as questionáveis poupanças energéticas promovidas pelo município - que aumentam exponencialmente o sentimento de insegurança em muitas artérias da cidade - esta rua ficou praticamente às escuras. Dada a sua localização e o facto de ser o único acesso pedonal da universidade ao centro histórico, não poderia ter sido poupada a este apagão?
  • Se alguém quiser cumprir o bom civismo de não atirar papéis para o chão, vai encontrar algumas dificuldades nesta rua. Quase não existem caixotes para depositar o lixo! Numa rua onde circulam muitos peões ao longo do dia, não poderia haver maior sensibilidade para a colocação estratégica deste tipo de mobiliário urbano?

1 comentário:

  1. "Quase não existem caixotes para depositar o lixo!" É que não existem nenhuns!! E a escassez ou inexistência de caixotes do lixo não se verifica apenas nesta rua, mas por toda a cidade, em geral!!

    ResponderEliminar