domingo, 25 de novembro de 2012

Cachecol ao pescoço...e lenço branco no bolso

Esta noite o Sporting de Braga vive um momento decisivo da sua época futebolística. À imagem do que aconteceu no ano passado, quando o maior clube do Minho recebeu o Porto na 26.ª jornada, os adeptos mobilizaram-se para mostrar à equipa que era possível pensar no título. O cordão humano realizado não chegou para os guerreiros vencerem esse desafio, mas ficou o sinal de unidade.
Este ano o confronto acontece mais cedo e pode ter contornos bem mais dramáticos com outro resultado que não seja a vitória.
Com uma irregularidade exibicional, más opções tácticas, substituições tardias e jogadores cuja presença no onze é muito questionável, José Peseiro concorre para ser um dos piores treinadores que já passaram por este clube. 
Como bracarense estarei lá a apoiar - como sempre estive - o meu clube que, independentemente de treinadores, jogadores ou dirigentes, conta comigo. Porém, esta noite só posso ser prudente. Levo um lenço branco no bolso, à espera do desfecho do encontro. É que sexta-feira temos Taça, também contra o Porto...

Quanto mais depressa Peseiro for embora, maior será a garantia de sucesso, disso não tenho dúvidas.
O que está a suceder não é nada mais do que já tínhamos vaticinado...

Sem comentários:

Enviar um comentário