quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

As 10 perguntas dos bracarenses para 2012



Há um ano atrás, perspectivávamos o ano de 2012 em Braga e as principais questões que moveriam os cidadãos. Um ano depois damos as respostas:

1. A Braga Capital Europeia da Juventude vai efectivamente envolver a cidade e os seus jovens?
R_ Isso é uma resposta a ser dada pelas associações e por cada cidadão. A meu ver, pese um ou outro paradoxo, a resposta é positiva.

2. O Parque do Monte Picoto vai mesmo avançar como apontam os prazos redefinidos?
R_ Quase no final do ano, mas começaram efectivamente.

3. As margens do rio Este vão ser finalmente devolvidas aos cidadãos?
R_ Pelos vistos os prazos derraparam...e de que maneira! As obras continuam lentamente...

4. As obras do antigo quartel da GNR e da Pousada da Juventude vão ficar prontas antes do final da Braga CEJ?
R_ Nem temos desenvolvimentos da pousada da Juventude, nem o GNRation ficou pronto a tempo da CEJ...

5. A reforma administrativa vai avançar, mesmo contra os autarcas e a população do município?
R_ Avançou, mas nunca se sabe se vai ter desenvolvimentos. Veremos!

6. O Sporting de Braga vai ganhar algum troféu na presente época desportiva?
R_ Nada! E Leonardo Jardim voou no final da época... 

7. Quem vai ser o candidato do PS às autárquicas 2013, António Braga ou Vítor Sousa?
R_ Depois de muita polémica, Vítor Sousa.

8. O Recolhimento das Convertidas vai ser classificado pelo IGESPAR?
R_ Foi classificado e hoje a sociedade civil debate felizmente o seu futuro.

9. O Centro Comercial Dolce Vita vai ser enfim inaugurado?
R_ Não!

10. O projecto de instalação de um equipamento cultural na fábrica Confiança vai ser realidade?
R_ Não é realidade, nem sabemos se a Câmara Municipal quer efectivamente que seja...

2 comentários:

  1. No que diz respeito ao GeNeRation, penso que não há qualquer incompetência pelo facto de ainda não estar concluído. O que eu penso é que houve um deslumbre por parte da organização ao revelar a vontade de o GeNeRation ficar concluído ainda durante a CEJ, algo que sempre me pareceu impossível.

    Quanto à Confiança, tanto quanto sei, há um projecto e um acordo assinado para tornar a antiga fábrica num local cultural. Alguém que me corrija se estiver enganado.

    Para finalizar, seria interessante, Rui, que desses continuidade ao repto e lançasses as perguntas dos bracarenses para 2013, onde incluas, também, perguntas feitas pelos leitores do blogue.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Luís, agradeço a sugestão. Vou segui-la! Quanto à Confiança, tenho as minhas dúvidas que o executivo queira mesmo avançar. Quando souber quem são os detentores do imóvel, talvez retire as minhas ilações...

      Eliminar