segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Aparcado no lugar errado

Na reunião da próxima quinta-feira, a Câmara Municipal de Braga deverá aprovar o negócio de concessão dos parcómetros à empresa Britalar, recebendo em contrapartida 4,11 milhões de euros.
A partir de agora, não sabemos a quem estaremos a pagar as eventuais multas por estacionamento indevido e que tipo de tolerância haverá para quem necessitar de ir ao centro histórico. Para além do reduzido número de lugares de estacionamento, seremos quase obrigados a contribuir para o negócio da Braga Parques ou da Britalar. Não falta, contudo, estacionamento gratuito nos maiores centros comerciais de Braga. Mais uma machadada, portanto, no comércio tradicional...
Já aqui comentámos este negócio que, tal como outros, vai ser aprovado em vésperas de umas arriscadas eleições autárquicas.
Para quando uma explicação cabal deste negócio e das suas implicações aos bracarenses? Estamos, porventura, em ditadura???

4 comentários:

  1. A Britalar foi a que ganhou a concessão, mas agora pretendem passar o negócio para uma outra empressa. Assim o porquinho mealheiro fica salvaguardado para o caso de alguma coisa correr mal nos próximos tempos. Depois digam que as mercearias e outros negócios do centro histórico fecham porque obrigaram a comprar um no caixa registadora. O que esta notícia veio esclarecer foi a tolerância para com estacionamento dos popós nos últimos tempos.

    ResponderEliminar
  2. É por estas e por outras (centro de estágio por exemplo, concessão do estádio outra) que considero estúpido defender com unhas e dentes o SCB neste blog (duma pessoa que não conheço, mas que me parece ser inteligente), pois muita gente está no SCB mais para se servir do que para servir... só não vê quem não quer!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Nuno, aqui defende-se a maior instituição da cidade. Não sei se o Salvador tem usado o SCB para se servir, mas o facto é que está a fazer um excelente trabalho. Esse comentário teria maior credibilidade se não viesse de alguém que defende um clube de outro município, ao qual o sucesso do Sporting de Braga incomoda muito...
      Defender os clubes pequenos de Braga e, ao mesmo tempo, trocer por um adversário do maior clube da cidade, desculpa, mas não é nada coerente.

      Eliminar
  3. Correcção: o senhor não sabe se o salvador não tem usado.

    O senhor não quer é saber.

    Joaquim Barreto

    ResponderEliminar