domingo, 27 de janeiro de 2013

MAIOR AO DOMINGO: Ricardo Silva



Porque é que braga é hoje maior?


Agradeço o convite e a oportunidade que o amigo Rui Ferreira me concede em partilhar, com os leitores, algumas ideias. Espero contribuir para Domingo seja Maior!
Se o autor deste blogue me deu liberdade de escolha na abordagem dos temas, muito pensarão que seria lógico falar de património ou arqueologia.
Mas hoje, por ser Domingo, por ser um dia da família e por ser um dia de descanso, que pode proporcionar a reflexão, gostaria de partilhar com os leitores algo que me marcou durante o dia de ontem, Sábado, dia 26.
Durante os dias 25 e 26, um grupo de amigos, orientados por Rui Pinheiro e Sara Santos, foram desafiados a realizar um evento, gratuito, tendo por base a formação em empreendedorismo.
Durante 24h, o Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa acolheu o Meu Futuro 24, evento constituído por um ciclo de conferências, palestras e workshops, que visam motivar os participantes a “procurar o seu lugar ao sol”, isto é, a idealizarem de si e a empreenderem para si. Houve, ainda, um espaço sobre empreendedorismo social, onde os participantes eram convidados a pensar ideias para a cidade e a dar de si, de forma altruísta e abnegada em prol dos outros. Hoje, Braga é maior porque há jovens que de forma voluntária e gratuita pretendem mudar o mundo, auxiliando os concidadãos a encontrar um rumo e uma hipótese de trabalho. Hoje, Braga é maior porque há jovens que não pensam somente em si, e empreendem acções que tragam mais-valias à cidade e à sociedade. Deixo aqui as minhas maiores felicitações por esta realização.
E porque se falou de empreendedorismo social, de forma desprendida do interesse próprio, permitam-me dizer que Braga hoje é maior porque tem uma delegação da CERCI (Cooperativa de Educação e Reabilitação de Cidadãos com Incapacidades), em Braga. Esta instituição visa contribuir para a congregação e articulação de esforços no sentido de melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência intelectual e multideficiência. Ontem tive a oportunidade de assistir à inauguração da estrutura de apoio, que possibilitará dar uma resposta de inclusão e de envolvimento na comunidade. Vi muitas pessoas, portadoras de deficiências, sorrirem;  vi muitos familiares de pessoas portadoras de deficiências felizes; Assisti, com agrado, ao Rancho Folclórico da CerciGui (Guimarães) a apresentar-se aos convidados…vi que Braga é Maior porque, ainda que de forma carente, pode dar uma primeira resposta a pessoas com deficiência; Sei que hoje Braga é Maior porque tem pessoas com um enorme coração, que trabalham em prol do próximo e da melhoria da qualidade de vida das pessoas com deficiência e dos seus familiares.
Hoje Braga é Maior porque a CERCI Braga vai, de certeza, dar um enorme exemplo de altruísmo, de cidade e de cidadania. Obrigado por devolverem e partilharem sorrisos!

Ricardo Silva

Sem comentários:

Enviar um comentário