sábado, 13 de abril de 2013

À quinta será de vez?

Ao contrário do que se vai dizendo por certa imprensa, o Sporting Clube de Braga não vai disputar esta noite o seu segundo título no que ao futebol profissional diz respeito. Para além da mítica conquista da Taça de Portugal em 1966, o clube já festejou outros ceptros.
De destacar, desde logo, os dois títulos da 2.ª Divisão almejados nas épocas de 1946/47 e 1963/64. Segue-se uma Taça da Federação Portuguesa de Futebol referente à época de 1976/1977, na única edição disputada deste troféu. Esta taça, pouco falada e desconsiderada, resultou numa tentativa de instaurar uma terceira competição nas provas nacionais. Foi efémera, mas valeu e foi o Braga quem venceu a sua única edição. Curiosamente os moldes eram semelhantes aos da actual Taça da Liga.
Como coincidência, diga-se que o Braga conquistou este troféu numa final contra o Estoril, disputada precisamente em Coimbra! Um bom augúrio para logo mais?
O último título conquistado, com particular mérito, foi a Taça Intertoto referente à época 2008/2009, por ter sido a último equipa participante a ser eliminada das competições europeias, frente ao PSG nos oitavos de final da Taça UEFA.
Pelo meio ficaram algumas finais, curiosamente quase todas contra o adversário de hoje. Esta é a quinta final de uma competição contra o Porto, depois das finais da Taça de Portugal em 1977 e 1998, da Supertaça em 1998 e da Liga Europa em 2011. À quinta será de vez?

Contamos com jogadores fantásticos, ainda recordados dos ensinamentos de Domingos ou Jardim, para garantir um lugar na história. E com os 7 mil bracarenses que vão estar na bancada, que bem poderiam ser muitos mais se o treinador não estivesse a estragar a paciência e os nervos aos adeptos... Conheço muita gente que disse que não voltava ao Axa enquanto este senhor lá estiver!
Força Braga!

Sem comentários:

Enviar um comentário