terça-feira, 9 de abril de 2013

A ressurreição da AGRO!

A AGRO nasceu nas Festas de S. João e tornou-se num dos maiores eventos de Braga
A AGRO nasceu em 1968 acoplada às Festas de S. João de Braga, que desde o século XVII realizavam uma feira de gado nas imediações da capela de S. João da Ponte. Braga, como capital de uma região que tinha na agricultura e pecuária a sua base económica, capitalizou esse estatuto e contribuiu para a mobilização dos produtores da região.
Desde o seu nascimento, que esta feira se tornou um sucesso, merecendo honras de ser inaugurada, por diversas vezes, por Chefes de Estado e ministros. Podemos arriscar dizer que foi a Agro uma das principais responsáveis para o surgimento de um equipamento como o Parque de Exposições de Braga, solenemente inaugurado em 1981. Neste mesmo ano, a Agro é admitida na União de Feiras Internacionais, adquirindo o estatuto de feira internacional, com a designação de AGRO - Feira Internacional de Agricultura, Pecuária e Alimentação. Em 1984, dá-se a adesão ao Comité Europeu de Sociedades Agrícolas e Organizadores de Feiras. Durante a década de 90, esta feira continuou a ser um dos principais eventos do calendário da cidade, arrastando milhares de pessoas durante a sua realização. Todavia, na última década, começou a perder adeptos, temendo-se até pela sua continuidade.
Em boa hora, a gestão do PEB resolveu dar nova vida a este certame e evitar o declínio que começava a ser evidente.
A edição deste ano promete ser a confirmação da inversão do ciclo recessivo da Agro e recolocar este evento como um verdadeiro motor da economia da região e impulso da centralidade que Braga detém no Minho. Por isso mesmo, todos os bracarenses devem acarinhar a sua Feira Internacional de Agricultura, Pecuária e Alimentação. Porque a agricultura é o futuro!
A não perder entre 11 e 14 de abril!

1 comentário:

  1. Título feitos à moda do Zé do Cartaxo: sou desse tempo. Já na altura títulos do género eram alvo de alguma chacota... o secretário de Estado da Agricultura inaugurou, ontem, as Agro,"tendo pronunciado um importante discurso" (nem um cheirinho do discurso se vê no título... Naquele tempo, chamavamos a isto: "jornalismo alvíssareiro!".

    ResponderEliminar