sábado, 6 de abril de 2013

O mundo à parte em Padim da Graça

Já foi conhecida como terra da lixeira ou do Águias da Graça, mas agora é mais falada por causa do grilo de uma certa Zirinha. Padim da Graça é um mundo à parte. Situada a apenas 5 km da área urbana de Braga, numa encosta banhada pelo Cávado, esta freguesia é uma verdadeira comunidade, onde o universo associativo tem uma força incomum, em que as relações de proximidade são autênticas e conservam a sua verdadeira identidade.
Jamais esquecerei a experiência do compasso pascal que vivi há uns anos nesta freguesia. Nem parecia que estava tão perto de Braga! Uma verdadeira aldeia minhota, ciente da sua peculiaridade e ciosa de manter as suas tradições.
Este fim de semana, Padim da Graça está em festa. Celebra-se a Senhora da Graça, com uma daquelas festarolas, que quase só desmerece perante as maiores festividades municipais. Apesar de não merecer a actuação do Grilo da Zirinha, não falta nada às festas da Senhora da Graça.
Para quem é bracarense, e não conhece Padim da Graça, não perca esta oportunidade!

1 comentário:

  1. Antigamente Palatim, ou Pallatini.
    Havia duas: S. Salvador de Padim e Sto. Adrião de Padim. A segunda aparece mais tarde, mas logo sobrepassa em importância a primeira. No séc. XVI, a primeira estava anexa, e acabou por se incorporar, na segunda.

    ResponderEliminar