sexta-feira, 19 de abril de 2013

O novo espaço verde de Braga...

Daqui a uns meses já serão arbustos!!!
É sabido o quanto os bracarenses anseiam por parques verdes, numa cidade demasiado marcada por cimento e alcatrão. Apesar das muitas promessas, elas esfumaram-se sempre em outras prioridades...
No espaço de um século apenas um parque e foi construído quando a cidade ainda detinha cerca de 20 mil habitantes!
Ora, talvez preocupada com este facto, a edilidade deu-se ao devaneio de deixar crescer um jardim suspenso no edifício da Câmara Municipal. Terá a autarquia intenção de rivalizar com os famosos jardins suspensos da Babilónia?

2 comentários:

  1. Parque Norte, Picoto/Ponte/Camélias e Sete fontes. Árvores, muitas árvores, nos nós de infias, acessos ao hospital (já plantadas), "margens" das vias rápidas onde ainda não houver... árvores onde houver oportunidade. Podas menos agressivas, dentro do possivel e aceitável. Quercus, gabinete de ambiente, planeamento e arquitetura paisagista juntos neste sentido. Prazo: 2020. Se fosse possivel era um feito - Braga precisa mesmo de mais verde.

    ResponderEliminar
  2. Como é possível que uma cidade minhota tenha tão pouco verde, ou quase nenhum? Uma cidade que em relação às cidades do centro/sul, tem uma grande vantagem, devido à humidade, precipitação e características do solo. O que podia ser potenciado não é, o que deveria ser uma marca da cidade não é! Afinal, "planta-se" aquilo que dá dinheiro para alguns...Cimento e alcatrão...

    ResponderEliminar