sexta-feira, 17 de maio de 2013

Estátua ao cónego Melo volta à ribalta

Segundo avança o Jornal de Notícias, a estátua do cónego Melo, falecido em abril de 2008, vai ser finalmente colocada na rotunda do cemitério, por iniciativa de Mesquita Machado.
Recorde-se que este assunto foi abordado a primeira vez em 2002, tendo despertado muita polémica, em particular dos grupos da esquerda radical, por entenderem que a sua ação no período pós-revolucionário nunca foi bem esclarecida.
Entretanto, da parte da sociedade civil bracarense, associações cívicas e muitos sectores da Igreja, a estátua era entendida como uma homenagem justa a um homem que uniu instituições e nunca negava ajuda a ninguém.
Prevê-se, portanto, muita polémica, caso a autarquia pretenda mesmo avançar para a colocação da estátua. Pessoalmente, entendo que se deveria esperar mais alguns anos para o fazer.

Sem comentários:

Enviar um comentário