segunda-feira, 20 de maio de 2013

O estacionamento amnésico...

Diário do Minho,18/05/2013
Quando os bracarenses esperavam que as surpresas se ficassem pela expropriação urgente dos imóveis sobre os quais recai uma hipoteca da filha e genro do Presidente da Câmara, eis senão quando surge um outro "ajuste directo" a uma empresa muito conhecida de Mesquita Machado.
A troco de 20 mil euros, as viaturas da Polícia Municipal vão poder aparcar num parque de estacionamento pertencente a uma empresa privada, quando a Câmara Municipal de Braga possui um equipamento do mesmo género no centro da cidade: o silo-auto da rua do Raio.
A Câmara Municipal justificou este negócio no facto de não deter "recursos próprios" para acorrer a esta necessidade da Polícia Municipal...
Ter-se-á esquecido do parque que ainda detém mesmo no centro da cidade?

PS - pelos vistos o motivo deste ajuste directo deve-se ao facto dos reboques da PM não conseguirem entrar no silo da rua do Raio. Uma vez mais se prova que, se a autarquia soubesse comunicar o fundamento das suas decisões, os cidadãos viveriam um pouco mais esclarecidos sobre os "negócios" que se se fazem com o dinheiro que pertence a todos os bracarenses. Fica aqui a rectificação...

Sem comentários:

Enviar um comentário