sexta-feira, 28 de junho de 2013

O dinheiro parou o Mossoró...

Mossoró era um dos símbolos do Sporting de Braga
O Sporting de Braga está a preparar a nova época com grande assertividade, tendo já garantido reforços de peso para a nova temporada. O guarda-redes Eduardo é o nome mais sonante de uma lista, onde consta o ponta de lança Edinho (ex-Académica), o promissor atacante Pedro Santos (ex-Setúbal), os médios Luiz Carlos (ex-Paços) e Luís Silva (ex-Leixões) e ainda o lateral sérvio Miljković.
Todavia, a partida de Mossoró ontem anunciada, a troco de 3,5 milhões de euros, não deixa de ser uma notícia triste. Desde aquela fabulosa época 2009/2010 em que não deixaram o maior clube do Minho ser campeão, que se criou uma mística naquele balneário, protagonizada particularmente por Hugo Viana, Alan ou Mossoró. A saída de Viana e Mossoró, juntamente com Quim, não deixa de se constituir como um risco excessivo. O jogador e o Braga ficam com os bolsos cheios, mas e a mística?
Foram 177 jogos e 15 golos distribuídos por cinco épocas à moda de Braga. Os adeptos jamais o esquecerão e ele prometeu regressar!
E ninguém pára o Mossoró vai deixar de ouvir-se no Axa...

Sem comentários:

Enviar um comentário