segunda-feira, 3 de junho de 2013

Um maçónico na Câmara Municipal de Braga?

Na edição desta semana do programa "Praça do Município", um interessante debate semanal da Rádio Universitária do Minho, João Granja fez uma revelação curiosa a respeito de um membro do executivo socialista que será também membro da Maçonaria.
Vem de longe a relação do Partido Socialista português com esta organização secreta, conhecida pelos lobbies que gera e por um eventual fomento de decisões e de distribuição de lugares no que concerne ao universo político. A acrescentar a isto vem uma doentia alergia contra a acção e influência da Igreja na sociedade, numa espécie de laicismo no pior sentido do termo.
Ora, já há muito se houve dizer que os tentáculos maçónicos estão a entrar em força no Minho, inclusive nos sectores partidários mais inesperados.
A revelação de Granja isenta Mesquita Machado, mas lança as dúvidas sobre os restantes cinco membros do executivo.
Quem será?

1 comentário:

  1. CDS,PSD e PS nenhum sai isento quando se trata deste tipo de sociedades secretas!

    ResponderEliminar