terça-feira, 11 de junho de 2013

Uma esquerda cada vez mais unida!

Como se não bastasse o fiasco que foi a manifestação contra a estátua do Monsenhor Melo, para averiguar a respeito da capacidade de mobilização dos comunistas bracarenses, temos hoje uma crónica muito elucidativa dos desejos mais profundos da sua candidatura à Câmara Municipal de Braga.
O alvo do cabeça de lista da CDU em Braga é Ricardo Rio, não é o executivo que há 37 anos governa este município. É a candidatura de direita a responsável por todos os males da nossa autarquia, apesar de nunca ter tido o poder na sua posse e de em alguma vez ter podido sufragar os sucessivos executivos de Mesquita Machado. A crónica de Carlos Almeida no Correio do Minho, para além de nos questionar a eficácia de uma estratégia eleitoral que tenta combater a oposição em vez de combater o executivo (afinal em que eleitorado pensam os comunistas ir buscar votos?), atesta o desejo íntimo de uma vitória socialista nas próximas autárquicas. Veja-se:
Ricardo Rio, na sua intervenção de Domingo à tarde, terá dito que está hoje melhor preparado para “ser melhor presidente do que seria, se tivesse sido eleito em 2005 ou em 2009”. Assim sendo, o melhor mesmo é perder novamente as eleições deste ano, pois em 2017 ou 2021 achar-se-á, certamente, ainda melhor. Da minha parte, estou disponível para fazer-lhe o favor.

Com esta esquerda Vítor Sousa pode ficar descansado: tem aliança para o próximo executivo!

Sem comentários:

Enviar um comentário