quarta-feira, 24 de julho de 2013

Concentrar ainda mais a UM em Gualtar?

Universidade do Minho vai concentrar-se ainda mais em Gualtar...
Uma das prerrogativas do acordo aprovado pela Câmara Municipal de Braga na passada quinta-feira, a propósito da polémica Quinta dos Peões, é a deslocalização da sede da Associação Académica da Universidade do Minho para o já referido e aqui comentado terreno privado.
Numa altura em que parece ter voltado à ordem do dia a necessidade de religar a cidade à universidade do Minho, parece não fazer muito sentido que se ache benéfico deslocalizar um dos poucos equipamentos académicos existentes para lá da fronteira da avenida Júlio Fragata. O mais natural seria deslocalizar cursos e equipamentos trazendo-os para o centro histórico de forma a criar mais elos de ligação. Concentrar tudo em Gualtar para que uma empresa de construção civil possa deter mais uns empreendimentos financiados no seu quintal não me parece nada acertado.
A pressa de aprovar este projecto, mesmo antes das eleições, deveria ter merecido uma maior discussão pública e uma mais demorada reflexão da parte da Universidade do Minho, e também da oposição camarária, que acabou por aprovar o plano a reboque da decisão da academia minhota.
Esperemos que se possa evitar este disparate...

Sem comentários:

Enviar um comentário