terça-feira, 30 de julho de 2013

Socialistas desunidos apresentaram lista

A saída de Mesquita Machado provocou a desunião dos socialistas bracarenses...
Ficamos ontem a saber quem são os nomes propostos por Vítor Sousa para a Câmara e Assembleia Municipal. Ao contrário do que aqui anunciamos há dois meses, registam-se algumas surpresas.
Palmira Maciel passou a perna a Ana Paula Morais e revela-se como o mais popular nome da lista apresentada. A simpática vereadora parece ser a aposta mais acertada entre as hostes femininas socialistas. É um peso a ter em conta! Miguel Corais é outro nome que revela bom senso. O administrador do PEB tem dado nas vistas pela sua competência e brio. Escolha acertada.
Hugo Pires surge sem surpresas no segundo lugar da lista, mas a grande interrogação vem dos independentes propostos. Falhados os desejados Pedro Seromenho e Felisbela Lopes, sobraram os desconhecidos Carlos Dias e Luísa Cruz. Por mais méritos pessoais que possam ter, não se comparam com o mediatismo e reconhecido mérito das apostas independentes da coligação Juntos por Braga, como é o caso de Miguel Bandeira e Sameiro Araújo. Terá sido muito difícil conquistar a sociedade civil?
Quanto à Assembleia Municipal, registe-se a justa integração de Ilda Carneiro, que sai de cena depois de longos anos à frente do exigente pelouro da cultura.
Outro dos handicaps desta lista é a falta de unanimidade interna. Os eleitos de António Braga não validaram os nomes apresentados por Vítor Sousa à Comissão Política, dando mais uma impressão da desunião que grassa nas hostes socialistas bracarenses. Efectivamente torna-se incompreensível que grande parte dos apoiantes de António Braga tenham sido excluídos das listas, nomeadamente nomes destacados como Cláudio Silva ou o próprio António Braga, para além dos militantes que apoiam a candidatura da Cidadania em Movimento como José Manuel Tarroso Gomes ou José Barbosa, históricos socialistas.
Negar esta cisão é tapar o sol com uma peneira e poderá trazer alguns dissabores a Vítor Sousa. Não seria mais acertado integrar os apoiantes de Braga nas listas?
Gostava de ser uma mosca para descobrir em que quadradinho vai colocar António Braga o seu voto. Eu quase que sou capaz de apostar...

Sem comentários:

Enviar um comentário