sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Dois monumentos que também são bracarenses

A ponte de Prado liga a freguesia de Merelim S. Paio à vila de Prado
A ponte do Porto (ou de Prozelo) liga o município de Braga ao congénere de Amares

O município de Braga detém dois monumentos em regime de partilha com Vila Verde e Amares. Trata-se das pontes de Prado e do Porto cuja identidade é também bracarense, embora por vezes esse facto pareça esquecido.
Ambas as pontes são sobre o rio Cávado, ambas monumento nacional, ambas partilhadas entre Braga e um município vizinho e ambas pouco reclamadas em termos de identificação municipal.
A ponte de Prado liga o município de Braga ao município de Vila Verde e localiza-se no seguimento da antiga via romana XIX. Reconstruída em 1616 depois de uma primitiva travessia ter ficado danificada na sequência de uma cheia em 1510, a ponte de Prado é um dos exemplares mais notáveis da arquitectura civil de seiscentos na nossa região. Apesar de denominada com a designação da vila de Prado, do município de Vila Verde, a ponte é também pertença do município bracarense. Trata-se de um monumento nacional partilhado pelos dois municípios, facto que muitos bracarenses acabam por desconhecer.
Outro caso é a ponte do Porto cuja história é bem mais antiga que a congénere de Prado. Esta travessia que terá origem numa velha passagem romana, recua ao século XIV e apresenta a típica arquitectura medieval, com arcos de volta perfeita e grandes contrafortes a agarrá-la ao leito do rio Cávado.
Quando por lá passar, não se esqueça: também são património de todos os bracarenses!

Sem comentários:

Enviar um comentário