quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Desvalorizar Braga: piscinas olímpicas

As piscinas olímpicas são um dos maiores escândalos da gestão socialista da Câmara de Braga.
Dividindo os valores dispendidos nas empreitadas de projecção e construção das piscinas olímpicas de Braga, pelo número de habitantes do município, ficamos a saber que cada um de nós contribuiu com 44 euros. Não sei se muitos bracarenses deram conta deste facto - particularmente os mais ferrenhos defensores da actual gestão autárquica -  mas foram desperdiçados 8 milhões de euros...
Perante isto, sobram diversas questões. Quantos espaços verdes e de lazer, os adiados parques urbanos, poderiam ter sido concretizados a partir desta verba? Quantas iniciativas culturais, musealizações arqueológicas sucessivamente inscritas no plano de actividades, ou espaços associativos poderiam ter visto a luz do dia?

Esperemos que este tema não fique esquecido na nossa política autárquica. Deixar adormecer este erro crasso de gestão, é não defender verdadeiramente Braga...
Assim se desvalorizou Braga todos os dias!

Sem comentários:

Enviar um comentário