sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Uma Braga nunca dantes observada...

A Braga +, juntamente com a JovemCoop, vão assinalar as Jornadas Europeias do Património com uma inédita visita por algumas das torres sineiras de Braga.
Esta iniciativa está agendada para amanhã, dia 21 de setembro, e tem início marcado para as 09h30, junto da igreja de S. Victor.
O percurso, que vai permitir o acesso ao topo das torres sineiras, integra passagens pela igreja de S. Victor, igreja de S. Vicente, basílica dos Congregados, igreja de Santa Cruz e Torre de Santiago. Em cada um dos lugares vai ser efectuada uma contextualização histórica.
As torres sineiras, estruturas destacadas dos espaços de culto cristãos, tinham como função propagar o ritmo dos sinos ao território circundante. Na Idade Média poderiam ainda ter a missão de vigilância em tempos de tensão e ameaça. As torres sineiras tinham ainda uma função comunitária assinalável, dado que informavam a população a respeito do ritmo do relógio e davam sinal sempre que era necessário reunir a comunidade em torno de algum acontecimento, nomeadamente quando ocorriam incêndios. Até há pouco tempo, as torres sineiras eram a edificação mais elevada das cidades, aldeias e vilas, detendo, por isso, uma perspectiva privilegiada sobre os territórios onde estão implantadas. Geralmente são também construções interessantes do ponto de vista arquitectónico.
As Jornadas Europeias do Património, que decorrem entre os dias 20 e 22 de setembro, são uma iniciativa anual do Conselho da Europa e da União Europeia, envolvendo cerca de 50 países, tendo como objectivo a sensibilização dos cidadãos para a importância da protecção do Património. Em cada país é promovido, anualmente, um programa de actividades a nível nacional, de acesso gratuito na sua grande maioria.

Para se inscrever basta aderir ao evento no facebook: https://www.facebook.com/events/222744744558036/ ou enviar email para associacaobragamais@gmail.com.

Sem comentários:

Enviar um comentário