domingo, 6 de outubro de 2013

Os 7 erros de Jesualdo...

O Sporting Clube de Braga perdeu esta tarde na Madeira frente ao Nacional por 3-0, numa exibição inexplicável e absolutamente desastrosa. Começa a ficar difícil aceitar algumas decisões do treinador e o rendimento deficiente de alguns jogadores.
Aqui ficam, em resumo, os erros do nosso ainda treinador:
  1. Defesa-esquerdo: se Joãozinho é um desastre e foi incluído no plantel por ser afilhado do treinador, Elderson, já o sabemos, é desastre e meio... O pior é que os nossos adversários já perceberam por onde têm que atacar. 9 dos 11 golos sofridos esta época nasceram daquele lado!
  2.  Ruben Micael: começa a ser difícil entender o que vale este jogador. Individualista e problemático, continua a acumular jogos completos(!). Os contra-ataques do Nacional começaram quase todos a partir de perdas de bola suas...
  3. Nuno André Coelho: um absoluto desastre! Não dá confiança nem à defesa do Ramaldense... Não tem nível para integrar o plantel principal do Braga, muito menos para ser titular. É o maior responsável da derrota desta tarde!
  4. Dispensados: quem vê Edinho, Agra ou Pardo a jogar interroga-se porque foram dispensados Yazalde, Hélder Barbosa ou João Pedro. Há discernimento na construção do plantel?
  5. Custódio ou Mauro: é um facto que Mauro se está a exibir a um nível superior e que Custódio vinha em nítida quebra de forma. Todavia, Custódio tem carisma e leva a equipa e o clube às costas. Na Madeira bem poderia ter sido central, conciliando a sua presença em campo com Mauro e deixando Nuno André Coelho no banco...
  6. Luis Carlos: tem sido, de longe, o melhor jogador do Braga. Grande visão de jogo, precisão no passe e uma grande presença a meio campo, particularmente na recuperação de bolas. O que faz no banco, quando a equipa não tem um cérebro em campo???
  7. Substituições: tem sido complicado entender a forma de mexer na equipa do Professor. No jogo com o Sporting, o Braga encolheu após as mexidas. Esta tarde, depois de estar a perder 0-2, tirou o único ponta de lança de campo e deixou dois trincos em campo, quando nem Ruben Micael, nem Nuno André Coelho estavam a ter qualquer rendimento. Ficaram os dois 90 minutos em campo!!!
A paciência começa a esgotar-se... Em 9 jogos, 5 vitórias e 4 derrotas, muitas delas sofridas!

Sem comentários:

Enviar um comentário